Central de Balanços


 

Definiu-se o conteúdo da Central de Balanços, tendo presente a natureza deste instrumento de trabalho, bem como o nível de agregação/desagregação dos elementos analisados, na perspectiva da actividade económica desenvolvida.

 

A informação incluída na Central de Balanços apresenta-se em duas páginas, contendo a primeira a Estrutura do Balanço com 8 variáveis, a Estrutura de Custos com 15 variáveis e 18 Indicadores Económico-Financeiros.

A segunda página contém a distribuição das cooperativas tratadas por ramo e por distrito, a nível de 1, 2 ou 3 anos económicos, e ainda o somatório dos valores referentes ao capital social, número de membros, volume de emprego, volume de vendas, e serviços prestados, bem como o valor acrescentado bruto.

 

A agregação/desagregação dos resultados segundo a codificação da classificação das actividades económicas é apresentada de 1 a 5 dígitos, conforme pretendido.

 

Tendo em conta a natureza das entidades tratadas e a qualidade de informação disponível, são excluídas da Central de Balanços:

  • Cooperativas dos ramos do Crédito, da Habitação e as Federações sem actividade económica propriamente dita;
  • Cooperativas que apresentaram situação líquida negativa;
  • Cooperativas com contas referentes apenas a um dos anos do triénio analisado.

Para cada variável da Estrutura do Balanço e da Estrutura de Custos apresentam-se os valores percentuais, correspondendo a base 100 à rubrica 01-Activo Total e à 04-Produção respectivamente, seguindo-se a média dos valores reais e o respectivo Desvio-Padrão. A informação pode ser disponibilizada com valores ano a ano, valores médios de dois anos ou valores médios de três anos.

Leave a comment